sexta-feira, 1 de abril de 2011

Rapidinha Sobre o mundo.

Título Honoris Causa...


Nesta semana, de idas e vindas, nosso ilustre (ou nem tanto) ex-presidente, que para muitas pessoas ainda ocupa o cargo, foi homenageado, em Coimbra, Portugal, com o título de Doutor Honoris Causa da universidade de Coimbra. Assim, como muito outros estadistas já o foram, o molusco se submeteu aos rituais, e às formalidades de toda a solenidade, que fora interrompida diversas vezes, pois somos brasileiros e, por isso, gostamos de inovar. 
O título de Doutor Honoris Causa, que muitos desconhecem, é um título de tamanho prestígio, concedido a indivíduos que merecem reconhecimento acadêmico, pela contribuição com a academia, e humanista. Não gosto de definições de dicionários, mas nosso dicionário jurídico da Saraiva atesta: "Honoris Causa:
A título de honra (honorificamente). Título honorífico concedido por uma universidade a jurista insigne
Dentro deste contexto todo, preciso dizer que vou começar a adiantar a documentação da minha mudança para a UniVida. Obviamente o curso de direito que esta universidade oferece, o qual o nosso ex-presida provavelmente cursou, se tornará reconhecido internacionalmente. E o MEC fechando as portas das uniesquina... 
É só isso por hoje, um primeiro de Abril produtivo. Só para desabafar: Começa a chover bruscamente em Curitiba de todos os Santos, e minha locomoção até a UFPR é a clássica caminhada ecológica, responde logo, UniVida! Parafraseando Zé do Milho: “Eita nóis".
Ruy Barros.

Um comentário:

Raísa disse...

Apesar da minha opinião divergente... devo dizer que as palavras ficaram bem encaixadas haha
mas ressalto que a UniVida formou um presidente muito mais "letrado" em experiência do que muitas universidades renomadíssimas.
Mesmo assim, mandou bem, seu Barros!